Autor Tópico: Maserati 100% elétrico  (Lida 736 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17083
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Maserati 100% elétrico
« em: 01 de Julho, 2016, 17:11:26 »


Sergio Marchionne quer Maserati desportivo 100% elétrico




Numa entrevista concedida à Bloomberg, Sergio Marchionne, CEO da Fiat Chrysler (FCA), revelou que está a considerar um desportivo Maserati 100% elétrico para chegar aos mercados a partir de 2019 assim como um citadino Fiat ou Chrysler também 100% elétrico.

Sobre o Maserati Levante, o patrão da FCA confirmou que uma nova versão híbrida está em desenvolvimento.



Atualmente, a FCA apenas tem em portefólio o híbrido Chrysler Pacifica e o cem por cento elétrico Fiat 500e nos Estados Unidos, e é conhecida a renitência de Marchionne em aderir aos elétricos tendo mesmo chegado a afirmar que não estava convencido que os elétricos fossem a resposta para "todos os males".

As revelações sobre um Maserati 100% elétrico não deixam pois de causar alguma surpresa. Talvez porque na opinião do italiano um Maserati terá mais retorno em termos financeiros que um Fiat ou Chrysler - segundo a fabricante, cada Fiat 500e vendido é sinónimo de 12 mil euros de prejuízo - e porque, em 2019, Marchionne deverá deixar de comandar os destinos da empresa.



O desportivo Maserati totalmente elétrico deverá ser uma versão do Alfieiri - que atualmente se encontra bastante atrasado na sua versão base de motor a combustão - apresentado como protótipo no Salão de Genebra em 2014.



Fonte: Auto Monitor






Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17083
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Maserati 100% elétrico
« Responder #1 em: 13 de Dezembro, 2016, 18:41:19 »


Futuro elétrico da Maserati promete máxima diferenciação




Se a marcha do progresso é inexorável, também a Maserati terá de se juntar à crescente senda de construtores a apostar na tecnologia elétrica. Se a Mercedes-AMG já referiu a sua aposta em modelos elétricos a médio-prazo, também a marca Italiana do Grupo FCA se prepara para embarcar na linha tecnológica hoje liderada pela Tesla.

Contudo, a Maserati quer diferenciar-se no lançamento desse novo modelo elétrico e propõe um automóvel único para o segmento, conforme indicou o diretor de engenharia da marca do tridente, Roberto Fedeli, à revista Car and Driver, mesmo que não tenha revelado quaisquer detalhes desse modelo, que poderá ser uma berlina de luxo como o Alfieri apresentado na imagem.

De acordo com este responsável, a Maserati será a última a ingressar no mercado dos elétricos de luxo, mas tentará demarcar-se por uma série de características distintas dos seus rivais, tratando também de se colocar numa categoria à parte da Tesla.

Vamos ser os últimos e temos de chegar ao mercado com algo de diferente. Muito diferente. Um concorrente para a Tesla não será provavelmente uma boa ideia. Não creio que a Tesla seja o melhor produto no mercado… a execução e a qualidade dos produtos da Tesla são os mesmos dos fabricantes germânicos da década de 1970. As suas soluções não são as melhores”, é citado, em declarações que são, simultaneamente, arrojadas e desafiadoras.

Entre os desafios a cumprir, a sonoridade do motor é já uma batalha perdida, com Fedeli a conceder que os motores elétricos têm outra tónica associada – a do silêncio. Por outro lado, Fedeli terá de produzir um modelo que seja em tudo idêntico aos demais Maserati, seja em termos de performances, seja em termos de qualidade e de desportividade, respeitando assim o legado histórico da marca.

Num elétrico, sente-se muito mais o peso. O binário e a aceleração são interessantes por alguns segundos, mas depois o peso não permite que se desfrute do carro numa estrada normal. Isso não é consistente com a marca que representamos e tem de ser solucionado”, admite Fedeli.

Fonte: Auto Monitor, por Pedro Junceiro