Autor Tópico: Pedro Silva  (Lida 243 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Pedro Silva
« em: 03 de Abril, 2008, 20:38:32 »
Ao cabo de três participações terminei o «meu» rali a vencer o Grupo A



À terceira foi de vez! Pedro Silva, acompanhado por Vítor Martins alcançou um brilhante quinto lugar, vitória entre os carros de duas rodas motrizes, na Prova Extra do Rallye de Famalicão. De regresso à competição, o piloto da Padock Competições esteve ao seu melhor nível, sendo ao longo de toda a prova o líder do grupo A, logo atrás da armada dos carros de tracção total, Subaru’s e Mitsubishi’s: “finalmente consegui. Depois de duas desistencias alcancei um objectivo: terminar o rali da minha terra. O resultado final acaba por ser excelente, tendo em conta a «potente» lista de participantes, com sete carros 4x4 conduzidos por excelentes pilotos” começou por dizer Pedro Silva que realizou uma prova suberba, ao volante, precisamente do carro com que se estreou em 2005: “Sabia que estava limitado em termos competitivos. No entanto, o que queria mesmo era terminar. O Vítor motivou-me muito desde o arranque e, senti que estava em casa com o apoio que fui recebendo ao longo das classificativas. Foi extraordinário ver os troços com milhares de pessoas. Uma força extra para qualquer piloto” adiantou, muito satisfeito o piloto da Padock Competições.

Desde a especial de abertura que Pedro Silva e Vítor Martins se destacaram, surgindo logo atrás dos carros de tracção total: “A partir daí era impossivel passar. Estivemos serenos e iguais a nós próprios. Apenas um ligeiro precalço na saida do asfalto para a terra, no troço de Calendário. Em termos mecanicos, tirando um ligeiro acerto na suspensão após a passagem por Requião, nada a apontar ao «velhinho» Fiat Punto”, concluiu o piloto que muito gostaria de continuar: “Não será facil. A falta de apoios tem condicionado a nossa continuidade. Ainda tentamos uma aposta no Open com mum carro mais competitivo, mas, ainda não concretizamos os apoios necessários. Talvez uma participação ou outra, ou até, poderá passar por uma participação no Rali do F.C.Porto”.

Fonte: Rally Mania,  por João Cosme, imagem de RV Foto