Autor Tópico: Princípio de Restauro do BI  (Lida 41574 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

naso

  • Moderação
  • Maserati

  • Offline
  • ****
  • 8744
  • Karma:
    +13/-2
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Aveiro
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #225 em: 07 de Novembro, 2015, 18:34:22 »
As transmissões dão para desmontar tanto de um lado como do outro, umas têm um freio que se tem de abrir outras o freio é interior, tem de ser com uma pancada seca e aquilo sai, os tais foles em termo-plástico só podem ser montados desmontando a homocinetica.

Para trocar foles há várias maneiras de fazer o serviço, há quem monte logo uma transmissão nova, outros usam ferramentas tipo esses sacas ou outras ainda mais "profissionais", eu por norma tento fazer da forma que seja mais prática, o treino ajuda bastante, umas consigo desmontar sem ter de tirar as transmissões fora outras não, até tenho um monta foles desses pneumáticos, mas praticamente nem o uso, seja porque tento por foles termo-plásticos quando é possível, ou nem me lembro dele...  :lol: :lol:


89 Lancia Thema 16vt -  www.youtube.com/watch?v=YjlLhhiy7lw&feature=related 
95 Fiat Barchetta 1.8
99 Lancia Kappa SW 20vt - Spritmonitor.de" border="0
01 Lancia Kappa SW 20vt GPL - Spritmonitor.de" border="0 - www.youtube.com/watch?v=vQUEx5tD_xk

Luke

  • Administrador
  • Ferrari

  • Offline
  • *****
  • 45143
  • Karma:
    +4/-1
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    In Racing we Trust!!!
    • Fiatistas.com
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #226 em: 07 de Novembro, 2015, 21:36:55 »
aquilo não rasga os foles?!!?!?!?!?!?!??!
Piccole: Uno -> 127 -> 127 -> 127 -> Ritmo -] X1/4 AB / X1/9 1500 / Uno GPL
Grandi: 125 -> Dedra -> Thema -> Tempra -> Prisma / Thema / Croma

luiscarreira

  • Giannini

  • Offline
  • *
  • 374
  • Karma:
    +0/-0
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #227 em: 08 de Novembro, 2015, 10:43:13 »
Obrigado naso,

realmente eu como pequeno entusiasta não me meto em grandes aventuras com as homocineticas ate porque tenho uma garagem pequena e tenho de o fazer no hall das garagens e antes que faça M**** e não consiga tirar o carro vou pelo "mais simples" que a minha cabeça diga....

Realmente tirando a homocinetica é mais fácil e a pratica faz com que seja mais rápido.

Luke eu fiz com ele e não rasgou. claro que so tens de abrir ate ele passar a homocinetica. não tens de abrir tudo.

Zampanò

  • Vignale

  • Offline
  • *
  • 604
  • Karma:
    +2/-0
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #228 em: 08 de Novembro, 2015, 13:31:51 »
Viva, possivelmente fora de tempo mas já usei foles deste tipo:
.
Aquilo funciona mas convém aquecer o fole em água quente para ficar mais elástico.

naso

  • Moderação
  • Maserati

  • Offline
  • ****
  • 8744
  • Karma:
    +13/-2
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Aveiro
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #229 em: 09 de Novembro, 2015, 21:29:04 »
Aquilo não deve rasgar, a não ser que seja uma borracha muito ruim, essa tecnica de aquecer ajuda bastante os foles, mas eu tambem fiquei com essa ideia, aquilo estica bastante os foles, passa sempre pela cabeça se não vai rebentar...  :blink:


89 Lancia Thema 16vt -  www.youtube.com/watch?v=YjlLhhiy7lw&feature=related 
95 Fiat Barchetta 1.8
99 Lancia Kappa SW 20vt - Spritmonitor.de" border="0
01 Lancia Kappa SW 20vt GPL - Spritmonitor.de" border="0 - www.youtube.com/watch?v=vQUEx5tD_xk

luiscarreira

  • Giannini

  • Offline
  • *
  • 374
  • Karma:
    +0/-0
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #230 em: 20 de Novembro, 2018, 19:42:28 »
BOA TARDE,

sei que tenho andado desaparecido mas isto de ser pai não é muito fácil.

O panda neste momento está doente e aparentemente sem cura. Em tempos mandei dar uma região profunda no motor e foi aberto, levando juntas de descarbonizarão, faciamento da cabeça e mais umas coisas. Não levou segmentos. O carro ficou a andar mais uma vez que tinha muito pouca potencia e as válvulas não estavam a vedar bem. Acontece é que pouco tempo depois começou a fazer fumo quando andava em transito de cidade (para-arranca).

Este verão mandei ver o que se passava a um mecânico e descobriu-se que depois de 14mil km a junta da culaça estava queimada em dois sítios diferentes. Foi então refeito todo novamente e voltou a não levar segmentos apesar de eu ter perguntado duas vezes se não seria melhor verificar.

O motor foi montado e foi feita rodagem de 1000km. Nessa rodagem notei que o carro fazia exactamente a mesma coisa logo na primeira vez que andei com ele. O carro foi afinado n vezes, deixou-me a pe na Batalha (eu sou de Coimbra) porque passou-se dois dentes na correia. Passado pouco tempo ficou outra vez fora de ponto. Enfim.... Ja chateado perguntei ao mecânico se não era melhor afinar o carro na maquina e medir a compressão. Ele afirmou que está afinado (e aparentemente o carro está a andar bem) e que ia medir a compressão. Os 4 pistões estão a 12...

Agora pergunto e peço-vos ajuda...

O QUE É QUE EU FAÇO MAIS???????

GT Abarth

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 27239
  • Karma:
    +23/-14
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    La vita è troppo corta per non guidare Italiano
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #231 em: 21 de Novembro, 2018, 00:15:02 »
Mete um 1242.
Vetture Italiane: più di automobili, uno stile di vita!

Stilo Abarth
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=12637.0

Punto GT3
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=15451.0

LB

  • Ferrari

  • Offline
  • *
  • 16569
  • Karma:
    +17/-68
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #232 em: 21 de Novembro, 2018, 13:06:46 »
eu meti!


Zampanò

  • Vignale

  • Offline
  • *
  • 604
  • Karma:
    +2/-0
Re: Princípio de Restauro do BI
« Responder #233 em: 27 de Novembro, 2018, 08:49:49 »
Viva

pela descrição, não vi ainda referência a perda de anticongelante (apenas referência a fumo..) mas vou assumir que o nível de anti-congelante desce em resultado de existência de uma fuga em resultado da junta queimada.

Empeno do bloco?
Excesso de compressão? (ter-se-á de medir o volume da câmara de compressão)
Algum dos pinos de posicionamento da cabeça/junta estragados, permitindo movimento da cabeça?
As válvulas não vedarem bem, como se chegou a essa conclusão? As válvulas podem ser rodadas e ficam a funcionar bem.

A esta distância é muito difícil diagnosticar mas diria que o mecânico estaria em condições de diagnosticar bem o problema na medida em que será experiente e já abriu o motor. À distância do observado e apresentado, também me parece (e é só mesmo um palpite) que o mecânico não está muito interessado em pegar neste caso.

Um diagnóstico a um outro mecânico parecia-me interessante.