Autor Tópico: Tópico das 2 rodas Transalpinas  (Lida 25370 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #30 em: 22 de Julho, 2011, 17:32:30 »
DUCATI 1199 SuperQuadratta



É sabido que a Ducati prepara uma nova superdesportiva para lançar muito em breve. As primeiras imagens começam a surgir

As fugas de informação e imagens sobre a nova Superdesportiva da Ducati começam a ser uma constante. Esta será a moto que irá competir nas Superbike, substituindo no mercado a 1198.

Esta será, como é natural na casa de Bolonha, uma moto de elevadas prestações e com uma eficácia em pista difícil de bater. Usará muitos dos conhecimentos que a marca tem retirado da competição, tanto em Superbikes como MotoGP, para criar um produto que cumpra as necessidades para bater a concorrência, nomeadamente os muito fortes japoneses e a sua conterrânea Aprilia.

Segundo confidências que já correm no paddock do Mundial de Superbikes, esta será uma arma imbatível em pista. Os nossos colegas da Motosprint italiana adiantaram um esquema de ciclística que usa o motor como elemento portante, não havendo quadro propriamente dito.

A suspensão dianteira e direcção ligam-se à zona frontal do motor, enquanto que subquadro, amortecedor e braço oscilante ligam-se à zona baixa e posterior.

O motor será certamente um bicilíndrico em "V" com base nos estudos que a marca fez quando tentou produzir uma unidade com esta configuração para MotoGP.

Fiquem atentos para mais novidades que vão aparecendo.


Fonte: Auto Motor





Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #31 em: 22 de Julho, 2011, 17:47:02 »
"A tradição ainda é o que era"



Ainda bem que assim é neste caso: a MV Agusta acaba de apresentar uma versão muito especial da sua pequena F3, designada Oro

Sempre foi uma tradição do fabricante italiano de Varese lançar a suas novidades em duas versões, a "normal" e numa especial, com equipamento de grande qualidade e em edição limitada. A pequena F3 não será excepção e, por cerca de €15 000, podemos ter uma das 200 unidades da Serie Oro.

A F3 é a aposta da MV Agusta para combater num dos segmentos mais agressivos do mercado, o das desportivas de média cilindrada, a Supersport. Este modelo terá de lutar com as muito evoluídas "seiscentos" japonesas e aborda o "tema" de uma forma alternativa, como fez com muito sucesso a Triumph, com uma moto de motor tricilíndrico.

A MV Agusta F3 apresenta-se com um quadro misto tubular e em peças de alumínio, tem na sua electrónica elementos como controlo de tracção e o motor, que utiliza uma cambota "contra-rotante", uma solução que recentemente só se vê em MotoGP.

Não estando satisfeita com o nível de exclusividade que o seu modelo já tem, a MV Agusta acaba de dar a conhecer a versão Serie Oro, que a tudo isto acrescenta alguns elementos ciclísticos de excepção, como é o caso da pinças de travagem Brembo Monobloco, jantes mais leves e suspensões Ohlins de elevada qualidade. A decoração também é exclusiva, com muitos dourados e elementos polidos, além de várias peças em carbono e o assento forrado a Alcântara.

Fonte: Auto Motor





GT Abarth

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 27095
  • Karma:
    +22/-14
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    La vita è troppo corta per non guidare Italiano
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #32 em: 22 de Julho, 2011, 19:16:30 »
Aquele povo tem algo...

Não foi por acaso que civilizaram a Europa mesmo antes de Cristo.
Vetture Italiane: più di automobili, uno stile di vita!

Stilo Abarth
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=12637.0

Punto GT3
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=15451.0

LB

  • Ferrari

  • Offline
  • *
  • 16569
  • Karma:
    +17/-68
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #33 em: 22 de Julho, 2011, 23:35:27 »
Aquele povo tem algo...

Não foi por acaso que civilizaram a Europa mesmo antes de Cristo.

tem sim senhor ....

tem dois modelos a seguir: Berlusconni e Cicciolina
e nós cá só temos o Pinto da Costa e o ti Alberto  (PARECIDO.....)

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #34 em: 26 de Julho, 2011, 20:01:04 »
Aprilia RS4



A Aprilia acaba de apresentar em Portugal a sua desportiva de pequeno porte, a RS4 125. O ADN e o desenho são claramente inspirados na Campeã do Mundo de SBK

Max Biaggi venceu no ano passado o Campeonato Mundial de Superbikes aos comandos de uma Aprilia RSV4 e não demorou muito para que a marca de Noale transportasse todos os conhecimentos adquiridos para uma moto de menores dimensões. A Aprilia RS4 125 chegou a Portugal e foi apresentada em Lisboa com a presença daquele que esperamos vir a ser um campeão de origem portuguesa. Miguel Oliveira apadrinhou a RS4, uma moto de tecnologia muito elaborada que coloca a experiência de uma desportiva no patamar dos jovens de 16 anos ou de quem está abrangido pela "legislação das 125 cc".

Basta um rápido olhar para perceber as semelhanças que esta moto de 125 cc tem com a irmã maior de 1000 cc. Esteticamente é uma cópia perfeita, desde a tripla óptica dianteira à traseira diminuta, passando pelas formas das carenagens laterais. Até as dimensões são muito próximas, ao ponto de quase se confundirem, mesmo colocadas lado a lado.


Tecnologia de Superbike

Tecnologicamente, esta é uma moto muito avançada, com um motor a quatro tempos que "bebe" da mais actual tecnologia disponível no segmento. É um monocilíndrico com duas árvores de cames, quatro válvulas e caixa de seis velocidades. A electrónica que utiliza permite a instalação de um sistema de "quick-shift", que garante umas passagens de relação quase imediatas e sem necessidade de recurso à embraiagem nem corte de acelerador. Na alimentação, este modelo apresenta um elaborado sistema de injecção electrónica.

No que respeita à ciclística também são muitos os elementos de destaque. No que respeita à travagem, a frente apresenta-se com um disco de 300 mm, mordido por uma fabulosa pinça de quatro pistões de fixação radial. O quadro é um dupla trave perimetral em alumínio, equipado com uma forquilha invertida de 41 mm. Atrás, a suspensão é garantida por um braço oscilante assimétrico ligado a um mono-amortecedor de forma directa.

A Aprilia RS4 já está disponível, nas cores branco, preto ou com numa réplica de competição Alitalia, com um preço de 4890 euros.


Fonte: Auto Motor





Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #35 em: 29 de Julho, 2011, 17:56:43 »
Ducati Streetfighter 848 é uma probabilidade



Tal como tem acontecido com a grande maioria dos modelos da Ducati, correm rumores de que a Streetfighter pode receber uma versão mais pequena

A Streetfighter é a moto descarenada mais agressiva da Ducati e muito provavelmente uma das mais desportivas de todo o mercado. Outra coisa não seria de esperar de uma moto "naked" que tem por base a moto de Superbikes da marca de Bolonha. Face à 1198, a Streetfighter pouco muda, com um motor muito potente de 155 cv, poucos menos que a unidade "full power", e uma ciclística muito incisiva e eficaz em condução desportiva.

Rumores dão agora conta de que a Ducati se prepara para lançar este mesmo modelo com base nos elementos mecânicos da sua superdesportiva mais pequena, a 848. A imagem avassaladora deverá ser uma garantia e por certo que as características mais dóceis do motor deste modelo de menor cilindrada tornarão a Streetfighter 848, a existir, mais fácil de usar. Esperemos para ver se este modelo se torna numa realidade.

Fonte: Auto Motor





BrunoMOF

  • Abarth

  • Offline
  • *
  • 3462
  • Karma:
    +1/-1
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    desde 09-AGO-07
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #36 em: 02 de Agosto, 2011, 11:40:34 »
Yamaha DT LC 50!!

Bombão! Metes gota e até que voltes a por...até te esqueces que aquilo é a gota! ehehe

« Última modificação: 02 de Agosto, 2011, 11:44:06 por BrunoMOF »
ALFA ROMEO 147 1.9 JTD
...la macchina più bella

BrunoMOF

  • Abarth

  • Offline
  • *
  • 3462
  • Karma:
    +1/-1
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    desde 09-AGO-07
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #37 em: 02 de Agosto, 2011, 11:44:45 »
Liquid Cooled  :sombrero:
ALFA ROMEO 147 1.9 JTD
...la macchina più bella

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #38 em: 05 de Agosto, 2011, 19:07:40 »
Ducati soma 300 vitórias no Mundial de SBK




No passado fim-de-semana, em Silverstone, os triunfos de Checa levaram a Ducati a ultrapassar a barreira das 300 vitórias em SBK

Desde 1988 até à actualidade, a Ducati tem já um vasto palmarés no Campeonato Mundial de Superbikes, tendo levado 13 pilotos ao título máximo de campeão e conseguindo 16 títulos de fabricante. Mas, no fim-de-semana passado, o motivo do festejo foi atingir as 300 vitórias em corrida, logo na primeira manga.

Carlos Checa esteve imparável na última jornada do Campeonato Mundial de Superbikes, em Silverstone, vencendo ambas as mangas e assinando também a 301.ª vitória da Ducati. O piloto espanhol juntou a este feito o facto de ter chegado à sua centésima partida numa corrida de Superbikes.

A lista de vitoriosos da Ducati é longa, com Carl Fogarty e Troy Bayliss a encabeçarem a lista com 55 e 52 vitórias, respectivamente, o dobro das vitórias do nome que se lhes segue em números, Doug Pólen, com 26 vitórias. 26 foi exactamente o número de pilotos que levaram a Ducati até à vitória e Marco Lucchinelli foi o primeiro, em 1988, na corrida de Donington Park.

Entre os Campeões do Mundo, são novamente Fogarty e Bayliss quem encabeçam a lista, com quatro e três títulos, respectivamente.

Com os resultados que Carlos Checa tem tido este campeonato e com a liderança que tem de 50 pontos sobre o segundo classificado, tudo aponta para que estes números continuem a subir consistentemente.

Fonte: Auto Motor





GT Abarth

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 27095
  • Karma:
    +22/-14
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    La vita è troppo corta per non guidare Italiano
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #39 em: 08 de Agosto, 2011, 03:27:42 »
Muito bem.  :palmas:
Vetture Italiane: più di automobili, uno stile di vita!

Stilo Abarth
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=12637.0

Punto GT3
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=15451.0

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #40 em: 17 de Agosto, 2011, 16:08:57 »
Faleceu Claudio Castiglioni, famoso empresário que recuperou a Ducati, Cagiva e MV Agusta




Claudio Castiglioni, o presidente da MV Agusta Motor, faleceu esta quarta-feira de manhã numa clínica da sua cidade natal, Varese.

Nas décadas de 1980 e 1990, o empresário italiano esteve diretamente envolvido na recuperação de marcas históricas de motos como a Cagiva (que herdou do seu pai), a Ducati ou a MV Agusta, além da sueca Husqvarna que vendeu em 2007 ao grupo BMW. Sob a gestão ou colaboração da família Castiglioni, estas marcas recuperaram a tecnologia e viabilidade financeira que lhes permitiu reentrarem no mercado.

Castiglioni tinha 63 anos.

Fonte: Auto Sport





GT Abarth

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 27095
  • Karma:
    +22/-14
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    La vita è troppo corta per non guidare Italiano
Re: Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #41 em: 17 de Agosto, 2011, 16:23:38 »
Epá...  :(

R.I.P.

Espero que a marca suprema de motos assim se mantenha!  :hail:
Vetture Italiane: più di automobili, uno stile di vita!

Stilo Abarth
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=12637.0

Punto GT3
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=15451.0

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #42 em: 18 de Agosto, 2011, 16:28:51 »
Morreu Claudio Castaglioni




O lendário presidente do Grupo MV Agusta, criador da Cagiva e líder no desenvolvimento de modelos como as Ducati Monster e 916 e mais recentemente MV Agusta F3 e F4, faleceu ontem de doença

O comunicado da marca é sucinto quanto aos motivos da morte deste lendário nome do mundo motociclístico: Claudio Castaglioni faleceu a 17 de Agosto, depois de uma dura batalha contra a doença.


Actualmente presidente do grupo MV Agusta, Claudio Castaglioni iniciou a sua vida profissional no seio das empresas de metalurgia da família. Em 1978 iniciou-se no mundo das duas rodas com a compra da fábrica AMF, que produzia motos para a Harley-Davidson, mas sob o nome Cagiva, sob a qual ganhou experiência no mundo das duas rodas. Criou modelos como as Elefant, que levou a vencer dois Dakar, e lançou-se nos modelos desportivos com a Freccia e a Mito. Passou pelo Mundial de Grande Prémio com as Cagiva GP500, que tão belas imagens e algumas vitórias proporcionaram nas mãos de pilotos como Eddie Lawson, Randy Mamola e John Kocinski.

Em 1985 Claudio avançou para a compra da Ducati, uma marca que lhe veio trazer um maior reconhecimento a nível mundial. Depois desta vieram a Moto Morini, a Husqvarna e finalmente a MV Agusta.


O seu reino sofreu uma reestruturação em 1995 depois da venda da Ducati ao Texas Pacific Group, e o Grupo Cagiva passou a ser Grupo MV Agusta uma das mais importantes marcas italianas que ainda hoje produz motos de sonho, como F4, Brutale e a mais recente F3.

As motos fazem-nos sonhar. Têm diferentes cores, têm diferentes sons. Por vezes têm formas que denunciam o que inspirou os seus criadores. Muitas vezes estas criações são autênticas obras de arte, o que transforma o criador num artista”, são palavras de Claudio Castaglioni, um homem que viveu para a sua paixão, as motos.

Fonte: Auto Motor
« Última modificação: 18 de Agosto, 2011, 16:30:36 por Tiffosi »





Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #43 em: 02 de Setembro, 2011, 19:18:22 »
Brutale em ponto pequeno




Depois de muitos rumores eis as primeiras imagens espias da MV Agusta Brutale 675, apanhada pelas câmara das revista italiana Motociclismo

Parece que a MV Agusta continua aplicada em dar continuidade ao desenvolvimento dos modelos baseado na sua nova pequena desportiva de três cilindros. As provas foram publicadas no site da revista italiana Motocilismo.it, que mostram uma Brutale com motor tricilíndrico perfeitamente funcional e com um nível de acabamentos que lhe permite ser colocada de imediato à venda. Este novo avistamento surge numa altura em que por todo o lado se ouve que a MV Agusta se encontra com grandes dificuldades em comprar material para montar as suas motos, não conseguindo crédito junto dos fornecedores. Desta forma a promessa de modelos abaixo dos 9000 euros começa a ser difícil de cumprir.

Se do lado financeiro a curto prazo a empresa está em algumas dificuldades os seus planos a longo prazo são bastante sólidos. Vamos continuar à espera de que estas novidade saiam finalmente para a rua... para todos as poderem experimentar.

Fonte: Auto Motor





Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17084
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Tópico das 2 rodas Transalpinas
« Responder #44 em: 14 de Setembro, 2011, 17:24:23 »
Ducati Streetfighter 848: fotos oficiais




Depois de muita foto “espia” ter sido divulgada, a Ducati acaba de apresentar as primeiras fotos oficiais da nova Streetfighter 848

A Ducati acaba de confirmar o lançamento de um novo modelo de entrada para a sua linha de motos desportivas naked. A Streetfighter 848 apresenta todas as qualidades conhecidas no modelo descarenado mais agressivo da sua linha, mas com um motor mais acessível e fácil de explorar.

Esta é uma unidade melhorada do Testastretta 11 que se junta a uma ciclística com uma geometria diferente que oferece uma maior confiança de condução. Estas duas modificações tornam a Streetfighter 848 numa moto muito fácil de pilotar. Além de uma entrega de potência mais suave e flexível, este motor vem já equipado com o Ducati Traction Control.

Este modelo irá estar disponível no mercado em Novembro, estando disponível esta decoração amarela, típica da Ducati de média gama, o vermelho para os mais puristas e um preto baço que fazem lembrar as capacidade furtivas deste rápido e ágil modelo.



Fonte: Auto Motor