Autor Tópico: Estrada: regras mais duras  (Lida 5157 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

José Fernandes

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • Zé Foguete
  • 13303
  • Karma:
    +14/-37
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Estrada: regras mais duras
« Responder #15 em: 12 de Março, 2003, 10:14:41 »
e ainda não sei se é oficial, mas o governo está a implementar uma lei que obriga todos os condutores, além do triângulo de pré-sinalização, a terem em seu poder um colete com reflectores.... o pior é que quem vai ter que os pagar é o "Zé-povinho" :d_finger:  :d_finger:  :d_finger:  :d_finger:  
LANCIA THEMA 2.0 Turbo 16V - GPL, Powered by Frontfuels

Gran Turismo

  • Abarth

  • Offline
  • *
  • 2574
  • Karma:
    +0/-0
Estrada: regras mais duras
« Responder #16 em: 12 de Março, 2003, 10:32:21 »
A situação económica é, realmente, importante nesta história toda. Se alguém bate e fica aleijado, vai para o hospital e quem paga os tratamentos, à falta de responsável, é o estado.

Claro que isto soa tudo mal, mas a questão não é só económica. É política (de esquerda e de direita!!)! Todos querem dizer que "fazem tudo" pela segurança, mas são pessoas com uma formação muito discutível na área que legislam sobre o assunto. As autoridades ainda são piores...

"As leis são para se cumprir", é suposto. Mas com leis destas e a forma como são tristemente aplicadas... Quem é que encontra aqui o fio da Justiça? Acho que ninguém. Os limites de velocidade são ABSURDOS! Ou os telemóveis! Quantos acidentes há em que realmente se morre por excesso de velocidade? Se calhar, 1 em 1000. Mas é fácil tapar o Sol com a peneira e tentar incriminar o velocímetro.

Está estimado que cada Português que morre, representa um prejuízo de 200 mil contos (não me enganei!) para Portugal. Se por cada acidente em que alguém morre, o Estado investisse 200 mil contos no melhoramento das vias, na formação de forças de autoridade competentes, na pintura dos veículos estupidamente não identificados que por aí existem e, quem sabe, na edição de uns folhetos simples em que informassem às pessoas, que não têm culpa de não perceber nada de Física, qual o tipo de forças e danos envolvidos aquando dum acidente... Faziam melhor figura...

Deixava de haver mortos na estrada? Não, claro que não. Mas diminuiam consideravelmente. É preciso não ser burro ao ponto de não perceber que basta estar vivo para se morrer (há quem tenha mesmo concluído que estar vivo é o contrário de estar morto!) e que também há quem caia de pontes a pé, quem tropece e parta o nariz e etc e tal. O melhor mesmo é obrigar a malta a estar preso em casa e só pode sair com uma autorização especial para o efeito... Ah! E não se esqueçam! Cada 3 em 4 pessoas que virem na rua, quando esse dia chegar, são autoridades camufladas, a ver ser passamos dos 5 km/h...

AVANTI FIAT

P.S.: Que me desculpem todas as autoridades que já sejam competentes e que cumprem e fazem cumprir a lei com a Lei do Bom-Senso, a melhor de todas.
« Última modificação: 12 de Março, 2003, 10:41:30 por Gran Turismo »
"La 130 resterá sempre una gran signora."

1980 - 132 2500 Diesel
1973 - 132 Special 1800
1973 - 130 Coupé 3200
1973 - 130 Berlina 3200
1978 - 131 S 1600
1977 - 132 GLS 1800
1990 - Croma Turbo i.e.
1983 - Argenta VX
1982 - Argenta 2000 i.e.

iniciado

  • Vignale

  • Offline
  • *
  • 996
  • Karma:
    +0/-0
    • http://
Estrada: regras mais duras
« Responder #17 em: 12 de Março, 2003, 20:56:06 »
:deal: e 20% da receita dos hospitais deriva das despesas pagas por companhias de seguros em acidentes dos quais se define o culpado.
a lei prevê que no caso de o acidente ser provocado pelo internado com seguro apenas para terceiros ele é responsavel pelas despesas hospitalares na integra que atingem os milhares em poucas horas de internamento
Só que ninguem paga isso!!!
Agora pergunto eu que culpa temos nós condutores cuidadosos para sermos muitas vezes perseguidos como vulgares criminosos?
O meu amigo X sai de casa bebado provocou um acidente aparatoso e ficou internado tres meses.
não paga um tostão e eu que sou cumpridor sou multado obrigado a pagar mais portagem fico sem carta se pegar no telemovel etc...
128...É mais carro.My Webpage

Fiatboy

  • Zagato

  • Offline
  • *
  • 1241
  • Karma:
    +0/-0
    • http://
Estrada: regras mais duras
« Responder #18 em: 30 de Março, 2003, 21:40:59 »
O IP4 tb o faço várias vezes. É realmente uma vergonha!!!!
Onde é que se admite num estrada dakelas, cheia de curvas, a maior parte delas sem visibilidade quase nenhuma, que os auutomobilistas k descem o Marão, em direcção a Vila Real tenham 2 faixas?
Será assim tão difícil de perceber que nakele percurso ultrapassar "ao pra baixo" é um caça-vidas? :smash:  
[size=8]Nelle situazione piú difficili mostra la FIAT che è in te![/size]


Fiat 128 1ª série

Fiat Punto HLX 16v