Autor Tópico: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure  (Lida 3887 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17082
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« em: 29 de Setembro, 2015, 18:52:17 »


Estudo revela «abismo» entre testes de emissões e desempenho real


A diferença entre os resultados dos testes anti-emissões de dióxido de carbono nos automóveis e o desempenho real “tornou-se num abismo”, passando de 8 por cento em 2001 para 40 por cento em 2014, revela um estudo.

O estudo “Mind the Gap”, da autoria da European Federation for Transport and Environment (AISBL), entidade que trabalha com a Comissão Europeia, foi divulgado pelo Dinheiro Vivo, que escreve que a Volkswagen “é ponta do iceberg” e que a “Mercedes, BMW e Peugeot distorcem dados”.

O diário ‘online’ reforça ainda que a Volkswagen “foi a primeira a ser descoberta, mas está longe de ser a única gigante da indústria automóvel a manipular os testes de emissões de gases poluentes”.

“O sistema de testes aos automóveis para medir a economia de combustível e as emissões de CO2 está totalmente desacreditado. A diferença entre os resultados dos testes e o desempenho real tornou-se num abismo, passando de 8% em 2001 para 31% em 2012 e 40% em 2014. Esta lacuna irá aumentar para quase 50% em 2020, se nada for feito”, lê-se no estudo.

De acordo com o documento, em média, apenas um terço da melhoria das emissões reclamadas nos testes tem correspondência na estrada, desde que foram introduzidas regras em 2008.

“Os fabricantes de automóveis, não os condutores, são a causa do problema e do facto de os testes oficiais estarem a ser manipulados”, diz o documento, que depois aponta exemplos concretos e destaca a Mercedes como a marca que “tem a maior diferença média entre o teste e o desempenho real”, “com o consumo real de combustível a exceder em cerca de metade o [que mostra o]resultado de testes”.

Acrescenta ainda, a propósito da Mercedes, que os modelos classe A, C e E têm uma lacuna dos testes face ao desempenho real superior a 50%, enquanto na série 5 da BMW e no Peugeot 308 o fosso fica abaixo dos 50%.

O relatório refere ainda que nenhuma das melhorias nas emissões medidas em testes de carros Opel desde 2008 teve correspondência na estrada e apenas um quinto da aparente melhoria das emissões provenientes do lançamento do VW Golf (carro mais vendido da Europa) foram alcançadas na estrada.

“Tais diferenças não provam a utilização de dispositivos manipuladores por qualquer fabricante. No entanto, tornam imperativo o alargamento do âmbito de investigações sobre o uso desta tecnologia ilegal para falsificar os testes de CO2”, frisa.

O relatório revela ainda que esta realidade leva os condutores a gastar em média mais 450 euros anualmente em combustível, comparado com o que seria esperado tendo em conta os resultados dos testes.

Uma das soluções, aponta, é a introdução de um novo teste global, o WLTP (Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure) a partir de 2017, mas este apenas será uma parte da resolução do problema, pelo que deve ser complementado com medidas para corrigir as deficiências graves no sistema da União Europeia de testes em carros, diz o estudo, apontando algumas delas.

Fonte: Auto Portal





naso

  • Moderação
  • Maserati

  • Offline
  • ****
  • 8755
  • Karma:
    +13/-2
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Aveiro
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #1 em: 29 de Setembro, 2015, 20:45:15 »
Meio mundo a enganar outro meio  :charge: :charge: o povo gosta...


89 Lancia Thema 16vt -  www.youtube.com/watch?v=YjlLhhiy7lw&feature=related 
95 Fiat Barchetta 1.8
99 Lancia Kappa SW 20vt - Spritmonitor.de" border="0
01 Lancia Kappa SW 20vt GPL - Spritmonitor.de" border="0 - www.youtube.com/watch?v=vQUEx5tD_xk

GT Abarth

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 27485
  • Karma:
    +24/-14
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    La vita è troppo corta per non guidare Italiano
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #2 em: 01 de Outubro, 2015, 01:33:06 »
Vetture Italiane: più di automobili, uno stile di vita!

Stilo Abarth
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=12637.0

Punto GT3
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=15451.0

pjrcampos

  • Encartado

  • Offline
  • *
  • 131
  • Karma:
    +1/-0
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #3 em: 01 de Outubro, 2015, 07:42:19 »
Muito bom. Este video serve para quase tudo. Já o vi legendado para uma série de coisas. Mas este está excelente. Então a parte da compota e do iogurte... Genial! Filtros nos tejadilhos também é bom... :)
Enfim... Estes alemães... Cada vez gosto menos deles...

GT Abarth

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 27485
  • Karma:
    +24/-14
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    La vita è troppo corta per non guidare Italiano
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #4 em: 01 de Outubro, 2015, 13:17:34 »
Muito bom o final!
Vetture Italiane: più di automobili, uno stile di vita!

Stilo Abarth
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=12637.0

Punto GT3
www.fiatistas.com/forum/index.php?topic=15451.0

naso

  • Moderação
  • Maserati

  • Offline
  • ****
  • 8755
  • Karma:
    +13/-2
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    Aveiro
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #5 em: 01 de Outubro, 2015, 21:22:04 »
Muito bom, esta gente tem jeito...  :lol: :lol: :lol:


89 Lancia Thema 16vt -  www.youtube.com/watch?v=YjlLhhiy7lw&feature=related 
95 Fiat Barchetta 1.8
99 Lancia Kappa SW 20vt - Spritmonitor.de" border="0
01 Lancia Kappa SW 20vt GPL - Spritmonitor.de" border="0 - www.youtube.com/watch?v=vQUEx5tD_xk

Luke

  • Administrador
  • Ferrari

  • Offline
  • *****
  • 45139
  • Karma:
    +4/-2
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
  • Texto Pessoal
    In Racing we Trust!!!
    • Fiatistas.com
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #6 em: 02 de Outubro, 2015, 08:54:46 »
A questão não está no CO2, está nos NOx
Piccole: Uno -> 127 -> 127 -> 127 -> Ritmo -] X1/4 AB / X1/9 1500 / Uno GPL
Grandi: 125 -> Dedra -> Thema -> Tempra -> Prisma / Thema / Croma

Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17082
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #7 em: 02 de Outubro, 2015, 15:22:35 »


EUA alargam investigação a 5 grupos


Agência de Proteção Ambiental está a recorrer a veículos de empresas de aluguer e de privados para realizar novos testes

As autoridades norte-americanas estão a investigar mais cinco grupos, por suspeita de manipulação de dados sobre emissões, à semelhança do que aconteceu com a Volkswagen.

Segundo o Financial Times, BMW, Chrysler, General Motors, Land Rover e Mercedes-Benz integram a lista da Agência de Proteção Ambiental, que está a recorrer a veículos de empresas de aluguer e de privados para realizar novos testes de emissões poluentes.

Esta sexta-feira a Reuters avançou que o Ministério Público francês abriu um inquérito preliminar à Volkswagen por suspeitas de burla agravada.

Já no dia 30 de setembro, a ministra do Ambiente, Ségolène Royal, anunciou que o governo francês vai pedir o reembolso das ajudas públicas pagas pela compra de veículos, na sequência do escândalo da manipulação das emissões poluentes dos motores a diesel da marca alemã. 

A Volkswagen provocou na semana passada a indignação mundial quando admitiu que  11 milhões de carros a diesel em todo o mundo estão equipados com os chamados dispositivos de descativação que ativam controlos de poluição durante os testes, mas automaticamente os desligam quando o carro está em condução. 

Fonte: Auto Portal






Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17082
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #8 em: 13 de Outubro, 2015, 19:32:35 »


Estudo deteta mais marcas com emissões de NOx acima do anunciado




Um novo estudo levado a cabo pela Emissions Analytics indica que a Volkswagen não será a única marca com emissões de óxido de azoto acima do anunciado. Também os automóveis testados pela Mercedes-Benz, Honda, Mazda e Mitsubishi emitem mais do que o homologado pelas marcas, ainda que em nenhum dos casos se tenha detetado a existência de um software para a adulteração dos mesmos, como sucedeu com a Volkswagen.

O estudo, divulgado pelo jornal britânico The Guardian, indica que existem discrepâncias significativas entre os níveis de emissões de partículas nocivas NOx homologadas e as medidas em condições reais, surgindo agora dados que apontam também a Mercedes-Benz, Honda, Mazda e Mitsubishi como fabricante de automóveis com níveis dispares no que diz respeito àquele tipo de emissões para a atmosfera.

Nick Milden, responsável da companhia que procedeu aos ensaios, a Emissions Analytics, indicou ao The Guardian que “este problema é sistémico” ao setor automóvel, na medida em que assenta numa disparidade de medição entre aquilo que é tido em conta em condições de laboratório (na Europa através dos ensaios NEDC) e na estrada, já que as condições de teste – tanto para as emissões como para os consumos – respondem a um padrão idêntico para todas as marcas, mas que não é representativo das condições de utilização na realidade.

Testes NEDC salvaguardam marcas

Confrontadas pelo The Guardian, as quatro marcas visadas por este estudo escudam-se nesse mesmo facto. No entanto, é de notar que existe um esforço de várias marcas para a adoção de um novo esquema de aferição de emissões e de consumos – mais próximo da realidade -, cuja introdução está prevista para breve, o RDE.

Da parte da Mercedes-Benz, cujos veículos testados emitiram cerca de 2,2 vezes mais do que os limites previstos na norma Euro 5 (com uma média de 0,406 gramas), fonte da marca referiu ao jornal britânico que “uma vez que as condições de condução em circunstâncias reais não refletem, de modo geral, as condições de laboratório, os valores podem divergir dos valores homologados”, justificação que também foi utilizada pelas restantes três marcas.

A Honda, cujos carros diesel emitiram, de acordo com a Emissions Analytics, mais 2,6 e 6 vezes do que o anunciado (uma média de 0,484 gramas), referiu que “testa os seus veículos no estrito cumprimento da legislação europeia”. A Mazda, marca cujos automóveis emitiram uma média 0,293 gramas superior ao anunciado, também indicou que “em cumprimento da lei”, são efetuados todos os esforços para se assegurar que os automóveis novos, a “gasolina e diesel cumprem as regulações” Já um porta-voz da Mitsubishi (em média 0,274 gramas superior ao anunciado, ou seja, 1,5 a 3,4 vezes mais) explica que uma parte do problema agora descoberto reside no facto de a que “[os ensaios] NEDC nunca tiveram por objetivo representar a condução em situação real”.

Abordando esta questão, algumas marcas, como a Honda e a Mercedes-Benz (do grupo Daimler), demonstraram o seu apoio na adoção de uma regulamentação mais realista dos ciclos de consumos e de emissões, a RDE (Real Driving Emissions) que está a ser preparada para introdução em lugar dos testes NEDC em 2017 e que tem na Associação Europeia dos Construtores Automóveis (ACEA) o seu representante nas negociações com a União Europeia.

O estudo agora divulgado pelo The Guardian junta-se àquele já lançado pela ADAC, a maior organização motorizada da Europa, que há duas semanas apontou uma série de modelos diesel de marcas como a Renault, Nissan, Hyundai, Fiat, Jeep, Citroën e Volvo como mais poluentes em condições reais do que em laboratório.

Fonte: Auto Monitor, por Pedro Junceiro






Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17082
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #9 em: 08 de Abril, 2016, 13:57:28 »


Autoridades dizem que VW é única com dispositivo manipulador de emissões


A investigação levada a cabo pela KBA concluiu que os motores do grupo VW são os únicos com equipamento manipulador de emissões nocivas.

A autoridade alemã de transportes (KBA) terá concluído que os motores do grupo VW envolvidos no “Dieselgate” serão os únicos equipados com “software” e “hardware” manipulador de testes de emissões nocivas ao ambiente. O diário alemão Handelsblatt diz que a KBA revelará oficialmente as suas conclusões no fim deste mês. O conjunto de testes abrangeu mais de 50 modelos equipados com motores turbodiesel, oriundos de 23 construtores.

Fonte: Auto Hoje






Tiffosi

  • Moderação
  • Ferrari

  • Offline
  • ****
  • 17082
  • Karma:
    +9/-8
  • Sexo
    Masculino

    Masculino
Re: WLTP - Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedure
« Responder #10 em: 08 de Abril, 2016, 14:08:41 »
Não é novidade! Já sabíamos dos danos da combustão e das constantes manipulações, etc.     :charge: